Triquel – Espanha

Em 1991, um grupo de músicos de Valladolid, Espanha, com intereresses musicais distintos, decidiu formar o grupo TRIQUEL. Compuseram temas  com raízes na música celta, sem abandonar a essência do rock e definiram a nova abordagem musical como rock celta.

Triquel

Triquel – Con que Facilidad
Triquel – Veneno para el Corazón

Refinaram o estilo ao longo dos 20 anos de existência, deixando marca em três trabalhos iscográficos: ‘Akelarre’ (1996), ‘Bichos Raros’ (2002) e ‘Sin hacer ná’ (2008). ‘Akelarre’ teve a honra de ser reconhecido como o melhor disco folk em 1996 pelo programa ‘Trébede’ da Rádio 3 (RNE). De festival em festival, já partilharam o palco com grandes nomes da música tais como: Carlos Nuñez, Celtas Cortos, The Chieftains, Na Lua, Milladoiro, Hevia, Gwendal, Wolfstone,  Kiko Veneno, etc..

TRIQUEL  é sinónimo de rock celta. A força e qualidade dos músicos, as letras das suas canções, que são um convite à reflexão sobre problemas actuais – reivindicativas mas também divertidas,  rapidamente transbordam do palco e contagiam o público.

Em Portugal já actuaram por diversas vezes, com destaque para o concerto na Festa do Avante 2012, no Palco 25 de Abril (palco principal).

Formação:
Juan José Cartón – Guitarras, whistle e voz principal
Sonia del Val – Flauta transversal gaita de foles e coros!
José Alfonso Garrido – Violino, bandolim e coros
Florentino Cañibano – Baixo eléctrico, harmónica e coros
Iván San José – Sintetizador e coros
Luis Alberto Pelaz – Bateria
Carlos Ayuso (Gaita e flauta)