Tânia Oleiro

Tânia Oleiro é uma das melhores intérpretes de fado tradicional, pertencente a uma nova geração de fadistas que garantem um futuro brilhante para a Canção de Lisboa.

TaniaOleiro2.jpg

Tânia Oleiro – Amor sou tua
Tânia Oleiro – Amor Meu

Tânia Oleiro nasceu em Lisboa, em 1979.Da infância recorda o fado cantado pela sua mãe o que a levou a apaixonar-se desde muito cedo por este género musical.
Iniciou o seu percurso fadista com apenas 10 anos, ao participar e vencer a Grande Noite do Fado de Setúbal. Participou em “noites de fado” e diversos concursos de fado amador, dos quais foi vencedora do 1º Concurso de Fado da Cidade de Odivelas e do 1º Encontro de Fado de Almada, em 2002. Neste mesmo ano conclui a sua formação académica abrindo-se então novos caminhos, sempre com o sonho de poder conciliar a profissão de professora com a de fadista.

 

Foi convidada a integrar o elenco residente de uma das mais prestigiadas casas de fado de Lisboa, Marquês da Sé, onde esteve durante quatro anos e onde apurou muitos conhecimentos sobre Fado.

Já realizou diversos espectáculos em Portugal e estrangeiro. Participou no concerto de Rabih Abou-Kahlil no Teatro de São Luiz, em Lisboa e no Teatro Nacional S. João no Porto, em Julho de 2007 a convite do encenador Ricardo Pais. Em Agosto de 2007, conta também com a participação no primeiro concerto acústico da banda portuguesa Santos e Pecadores, no Cineteatro Municipal João Mota em Sesimbra.

 

Em Dezembro de 2007, foi convidada a participar no concerto “Nas Veias de Uma Guitarra” no Teatro da Trindade, em Lisboa, com Ricardo Parreira e Fernando Alvim.

 

Recentemente fez parte do espetáculo Casa de Fados, projecto inspirado no filme “Fados” do cineasta espanhol Carlos Saura, que reuniu diferentes gerações e sensibilidades do fado. Este espetáculo estreou em Julho de 2007 no Festival La Mar de Músicas, em Cartagena (Espanha), e foi apresentado em Las Palmas, no Gran Teatro de Elche em Alicante, no Centro Cultural de Belém em Lisboa, no Gran Teatro de Cáceres, no Auditório de Cuenca, no Teatro Principal Zaragoza, no Teatro Circo em Albacete, no Teatro Buero Vallejo em Guadalajara, no Teatro Palenque em Talavera de La Reyna, no Auditório Municipal de Vila Nova de Cerveira, no Teatro Cervantes em Málaga, no Teatro Jovellanos de Gijón, no Cineteatro de Santurce, no CRR Konser Salonu em Istambul (Turquia) e no Teatro Municipal Jofre em Ferrol (Galiza).

 

Tânia Oleiro colaborou em diversas colectâneas: Fado Sempre! Ontem, Hoje e Amanhã, Fado (Box CD + 4 Wine Bottles) e Bar Lisbon – Classic & New Portuguese Flavours.

 

Em 2009, foi uma das convidadas de Rão Kyao, para participar no seu disco Em’cantado, ao lado dos fadistas, Ana Sofia Varela, Camané, Carminho, Manuela Cavaco e Ricardo Ribeiro.

 

Em 2010 foi incluída na coletânea “Divas do Fado”, destinada a sublinhar a importância da mulher no fado e na internacionalização deste género musical.