ANGELITE Vozes Búlgaras

São vozes  fascinantes, o estilo e a ornamentação vocal são arcaicos, distintos e enraizados em séculos de tradição local, os sons que emitem têm um timbre tão peculiar que quase parece não serem  produzidos pelo aparelho vocal humano, mas antes por um instrumento de algum lugar estranho do mundo.

Angelite

ANGELITE – Ochi, Ochi (Eyes, Eyes)
ANGELITE – Tapan Bie (Beating The Drum)

Desde há 25 anos que o  sucesso internacional deste coro feminino se tem estendido a toda a parte: Gala da entrega do Prémio Nobel da Paz de 1996; concerto na Praça Vermelha em Moscovo com Pavarotti em 1997; concerto para o Marajá da India, concerto no Vaticano, concerto  no Herad Antic Theatre (Acrópole) etc., e ao longo destes anos, o  fascínio internacional pela  sua singularidade e qualidade tem-se mantido inquebrável.

Angelite é um dos ensembles  mais conceituados nas categorias de música popular búlgara e balcânica. Formado a partir das cinzas do velho Coro da Televisão do Estado, pela  manager deste  coro – Tanja Andreeva, tem  actualmente duas dezenas de cantoras oriundas de todo o país, sob a liderança do maestro Georgy Petkov. Angelite criou  um estilo autêntico do seu próprio país, ao mesmo tempo que soube rodear-se de compositores búlgaros modernos:  Philip Koutev, Stefan Kanev, Dimitar Dinev, Stefan Mutafchiev, e Nikolai Kauffmann, e embarcar em viagens com o rock , jazz,  hip-hop, fusão clássica, preservando sempre o seu património balcânico.

O coro gravou vários álbuns aclamados pela crítica internacional,  alguns dos quais nomeados para os “Grammy”. Em 2012, foi editado o novo CD “ Angelina”: um programa de música notável  em que o folclore dos tempos antigos enriquece e transporta a sua energia emocional para a música de hoje.

As Vozes Búlgaras Angelite têm realizado concertos  praticamente em todos os cantos do mundo: Alemanha, Holanda, Bélgica, Dinamarca, Suíça, Áustria, Espanha, França, EUA, Canadá, México. Em Portugal já actuaram no Barreiro, Évora, Guarda, Lisboa, Viseu, Arcos de Valdevez, Beja, Sines, Ponta Delgada, Praia da Vitória, Faial.

Quem assistiu  a um dos muitos concertos realizados por este incomparável coro não conseguiu escapar ao encanto e fascínio das vozes destas mulheres. Nas digressões mundiais as Angelite têm despertado o entusiasmo dos públicos com a surpreendente, encantadora e incrivel precisão do seu cantar, capaz de tocar no fundo da alma.